A importância dos meios digitais na relação com o paciente

post
A importância dos meios digitais na relação com o paciente

Os números relacionados ao ambiente digital crescem todos os dias e por isso os profissionais da saúde começam a despertar para a importância do marketing digital.

  • 66% dos internautas usam dispositivos móveis*
  • 71% dos usuários acessam a internet por computadores ou notebooks*
  • 92% dos internautas estão conectados por meio de redes sociais – Facebook (83%), Whatsapp (58%) e Youtube (17%)*
  • 88% das marcas estarão presentes nas redes sociais de todo o mundo no próximo ano**

Os dados acima comprovam algo que você provavelmente já pensou: é preciso estar na internet e nas redes sociais. E não pense que muitos likes na sua FanPage do Facebook  sejam sinônimo de sucesso. A ordem do marketing digital é engajar e fidelizar seu público, sendo que para isso é necessário criar conteúdos  originais, relevantes e interessantes.

Entenda como funciona o marketing digital.

O conteúdo e a facilidade de navegação mobile são tão importantes que os buscadores, como o Google, e as redes sociais, como Facebook, atualizam-se constantemente voltando suas estratégias para oferecer assuntos relevantes e pertinentes a um público segmentado.

As redes sociais ajustam seus algoritmos restringindo o alcance de publicações sem investimento financeiro, especialmente no Facebook e LinkedIn. Mas um conteúdo bem feito, interessante e que converse com o seu perfil de consumidor poderá ser difundido de forma orgânica, ganhando ainda mais relevância para leitores, ferramentas de busca e até algoritmos sociais.

Portanto, é preciso estar onde os pacientes estão com itens básicos para uma boa estratégia digital como: site otimizado para mobile, presença nas redes sociais e geração de conteúdo de forma regular, original e atenta à ética.

Faça um diagnóstico gratuito da sua presença digital aqui.

*Pesquisa Brasileira de Mídia 2015” (PBM 2015)

**Estudo realizado pela eMarketer